Notícias

1 02/04/2024 16:11


Ao todo, cerca de 852 mil pessoas cumprem penas ou aguardam decisão judicial no país; veja números

A população carcerária brasileira cresceu 21% entre 2017 e 2023. Ao todo, cerca de 852 mil pessoas cumprem penas ou aguardam decisão judicial no país. Os dados são do Sistema Nacional de Informações Penais.

Para efeito de comparação, há sete anos, a população carcerária no Brasil era de 704.245 pessoas.

O sistema, mantido pela Secretaria Nacional de Políticas Penais (Senappen), mostra que, atualmente, mais de 650 mil indivíduos estão em celas físicas, enquanto 201 mil estão em prisão domiciliar.

Os dados mostram ainda que a maioria da população é formada por homens negros, com idade entre 35 e 45 anos. A maioria cumpre pena de 8 a 15 anos. Além disso, mais de 18 mil pessoas cumprem penas de 30 a 50 anos, enquanto seis mil possuem sentenças de 50 a 100 anos e 1.741 estão com penas maiores que 100 anos.

A maioria dos indivíduos encarcerados não concluiu o ensino fundamental. Além disso, as estatísticas indicam que 17.696 pessoas não possuem habilidades de leitura e escrita. No entanto, aproximadamente 124.284 estão participando de cursos para completar a educação básica, incluindo alfabetização até o ensino médio.

Raio-x da população carcerária em 2023:

- mais de 183 mil pessoas cumpriam pena por tráfico de drogas;
- cerca de 116 mil pessoas cumpriam pena por roubo qualificado (forma mais grave do crime, quando há violência, agressão ou ameaça); e
- 62,9 mil pessoas cumpriam pena por roubo simples.







Rua João Fraga Brandão, 473A - 1º Andar - Centro - Jacobina/BA. CEP: 44.700-000
Tel.: (74) 3621-7474 | 9 9121-7888 | 9 9983-4318 | 9 8130-6939 | 9 9148-0077 (Whatsapp) - A Rádio que mais cresce na Bahia!
©2016 - Rádio Jaraguar - Todos os direitos reservados.